“Pra ficar na História”, o que move o Homem a resgatar memórias e preserva sua história.


Em 2013 o diretor Boca Migotto conheceu o Henrique Fitarelli protagonista deste documentário de curta metragem realizado em 2015 que daria lugar a um longa lançado neste ano. 
Segundo o diretor de “Pra Ficar na História” (Brasil, 2015) sua curiosidade girava em torno da tal vila italiana que Fitarelli estava construindo no interior de Garibaldi, RS, e que serviu de locação para séries e novelas da Globo. Em 2014, gravaram um curta metragem, para o Histórias Curtas da RBS TV, sobre o projeto de Fitarelli de montar um museu etnográfico. Em 2015, a Globo News propôs transformarmos o curta em um longa.
Fitarelli é um amante do passado. Colecionador, ao longo da vida estruturou um acervo com mais de 8 mil peças que ajudam a contar essa história. Uma história que, em princípio, orgulha e emociona. O diretor que se identifica com ele, também é nascido naquela região. Ambos se orgulham de suas raízes, entendem a importância da preservação histórica e trabalham para isso. Fitarelli, com suas casas, móveis e objetos. Migotto, com seus filmes.
Em reportagem recente para falar do longa metragem produzido à partir da semente plantada com o curta de mesmo nome, o diretor comenta que “talvez nem Fitarelli, nem nós, saibamos ao certo o que significam esses dois projetos; a Villa e este documentário. Eu mesmo já realizei tantas produções sobre essa temática e não tenho ideia de como o futuro receberá meus filmes. Mas uma certeza sei que temos, tanto Fitarelli quanto eu. É preciso dar limites ao progresso selvagem que aniquila nosso passado, valorizar e refletir as nossas raízes e buscar um olhar crítico sobre nossa memória histórica para construirmos, só assim, um futuro consciente a respeito do verdadeiro valor dessa nossa história. Para isso, todo esforço tem sentido. Torço para que a Villa Fitarelli e o nosso documentário possam também contribuir um pouco para com esse processo”.

FICHA TÉCNICA

Título: Pra Ficar na História
Direção: Boca Migotto
Gênero: Documentário 
Duração: 15 minutos
País: Brasil  
Ano: 2015
Classificação: Livre
Produção: Mariana Müller
Roteiro: Alfredo Barros e Boca Migotto

***