O projeto "Carijo" do Coletivo Catarse é muito mais que um documentário.


Acabamos de receber do Gustavo Türck diretor de "Carijo" documentário produzido pelo Coletivo Catarse em 2014, kits contendo: filme, cartilha e livro, todos itens integrantes desse lindo projeto contemplado em edital de Patrimônio Cultural Imaterial do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e realizado pelo Coletivo Catarse para valorizar uma cultura ancestral, de raiz indígena, em fase de extinção, mas que é a base histórica da produção da bebida símbolo do Rio Grande do Sul: o chimarrão.
O filme que será exibido na 2ª edição da Mostra Internacional de Cinema "Nossa Terra": Cultura e Alimentação trata do consumo de erva-mate no Rio Grande do Sul e em outros estados que compartilham da mesma cultura. Costume que provém de uma história ancestral há muito já deixada de lado pelo avançar da produção industrial que caracteriza o modelo econômico da sociedade moderna deste lado do mundo. Milhares de pessoas saboreiam o mate sem saber que este é um costume iniciado pelos índios e que contem, na sua produção artesanal, uma ritualística que vai desde a colheita das folhas até sua secagem e posterior moagem – tendo como ferramenta básica para a secagem o chamado CARIJO. (fonte: Coletivo Catarse)
Por ocasião da mostra em outubro deste ano serão doados 1(um) kit para a Biblioteca Municipal de Bituruna e 1(um) Kit para Biblioteca da Uniguaçu - Faculdades Integradas do Vale do Iguaçu, União da Vitória-PR, um dos patrocinadores desta edição e que também nos apoiou em 2017.
Desde já agradecemos a generosidade do Coletivo Catarse e do diretor Gustavo Türck em liberar a obra selecionada em nossa curadoria para exibição pública e por disponibilizarem os kits para doação.
Parabéns a todo(a)s envolvido(a)s nesse relevante projeto de resgate ancestral e cultura alimentar.
"Porque a gente não quer só comida!"
***